31/12/2020
Reino Unido é o primeiro país a aprovar vacina de Oxford contra a Covid-19
 

 Após ser o primeiro país a aprovar a vacina da Pfizer contra a Covid-19, o Reino Unido lançou a frente mais uma vez. Hoje, dia 30, aprovou a AZD1222, conhecida como vacina de Oxford, que foi desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.

No Brasil, apesar de ser a única vacina que possui contrato com o Governo Federal, o pedido para uso emergencial, assim como a solicitação de registro permanente, ainda não foi feito.

Vacina contra a Covid-19

A previsão do governo do Reino Unido é que a vacinação comece no próximo dia 4 nos grupos de risco. Porém, com a nova aprovação, o país fez uma modificação no planejamento. Agora, todos os grupos de risco receberão a primeira dose das duas vacinas: da Pfizer e da AZD1222 e, no lugar de receberem a segunda dose em três semanas, receberão em 12 semanas.

No comunicado oficial, porém, o governo do Reino Unido não diz qual dose será feita com a vacina de Oxford. Nos estudos, os pesquisadores encontraram uma diferença: a primeira dose completa, seguida de uma de reforço, teve cerca de 62% de eficácia; enquanto isso, uma meia dose na primeira aplicação, também seguida de uma segunda dose, teve uma eficácia de 90%.

Os pesquisadores ainda não encontraram um motivo para isso, mas deixaram a cargo das agências reguladoras decidir quais doses irão usar.

Mais notícias


Faça o download da nossa listagem de preços:
CNPJ: Senha:
 
31/12/2020
Reino Unido é o primeiro país a aprovar vacina de Oxford contra a Covid-19
 
31/12/2020
Mudança na autorização de uso emergencial de vacinas da Anvisa
 
31/12/2020
O que há de novo sobre vitamina D?
MAIS NOTÍCIAS + 
Rua Pernambuco, 1443 - Cascavel/PR
Telefone: (45) 3226 0351
© Copyright Dimecal Júnior Todos os direitos reservados.